Você está aqui

Águas Calientes

Aguas Calientes

Todo mundo que quiser chegar a Machu Picchu terá que conhecer esse pequeno povoado, não importa se você vai chegar em Machu Picchu de trem ou por trilhas, Aguas Calientes é destino certo. Muita gente vai, inclusive, dormir uma noite por lá. O trem, por exemplo, não te deixa dentro do Parque Nacional, onde as ruínas incas ficam, mas na estação em torno da qual nasceu Aguas Calientes. E se você veio a pé, provavelmente, vai voltar de trem, ou seja, não tem jeito. Também chamado de Machu Picchu Pueblo, o vilarejo tem irrisórios 1600 habitantes e vive exclusivamente da exploração turística. A linha de trem é praticamente a sua única comunicação com o mundo e é em torno dela que o povoado se desenvolveu.

História de Águas Calientes.

Águas Calientes é o último povoado existente antes de chegar a Machu Picchu. Este povoado se encontra entre de uma vegetação exuberante, entre cadeias de montanhas que formam um vale. Sua origem começa em 1901, quando a ferrovia que uniria o povo de Cusco e Santa Ana veio para a área de acampamento Maquinachayoq, cerca de 110 km da cidade de Cusco. O que viria a ser Águas Calientes, era o centro de operações de máquinas e equipamentos pesados do projeto, sobre o qual os trabalhadores ferroviários viviam acampados. Hoje, Águas Calientes é um povoado que vive para o turismo com hotéis, restaurantes, casas de câmbio, lojas, entre outras. Águas Calientes está localizado a uma altitude de 2040 metros.

Onde fica Águas Calientes.

Águas Calientes se localiza a 110 km da cidade de Cusco, a antiga capital dos Incas, podendo ser alcançada de várias formas a partir da cidade de Cusco, sendo as duas mais convencionais relacionadas abaixo:

Roteiro Cusco, Ollantaytambo, Águas Calientes.

O sítio arqueológico está acessível a partir de Cusco, por uma estrada que corta o deslumbrante Vale Sagrado dos Incas, até a província de Ollantaytambo, onde se toma um trem até o povoado de Águas Calientes. Esta viagem tem um tempo aproximado de três horas e meia.

Roteiro Cusco, Águas Calientes, Machu Picchu.

O sítio arqueológico está acessível a partir de Cusco por uma estrada férrea onde se toma o trem na Estação de Poroy, que atravessa o Vale Sagrado dos Incas, até o povoado de Águas Calientes. Esta viagem tem um tempo aproximado de quatro horas e meia.
A ausência de um caminho direto para o santuário de Machu Picchu é intencional e permite a controlar o fluxo de visitantes para a área, o que, dada a sua natureza de reserva nacional, é particularmente sensível às multidões. 

Como chegar em Aguas Calientes de trem?

Para os transportes ferroviários existem duas empresas que fazem esta rota, a PeruRail e a IncaRail. A primeira é a mais usada pelos turistas, por haver inúmeros horários e por ser a única a sair da estação de Poroy (estação de trem mais próxima de Cusco, a 10 km). A PeruRail oferece um serviço mais tradicional para esta viagem, já a IncaRail oferece um serviço mais luxuoso com seus vagões panorâmicos e ótimos serviços de bordo.

Como é o clima em Aguas Calientes?

O clima de Águas Calientes não foge às características de toda a região dos Andes Peruanos. Há somente duas estações distintas: a estação das chuvas, que vai entre setembro e abril, e estação seca, que vai entre maio a agosto. Porém, Águas Calientes está próxima da parte peruana da floresta amazônica e por isso há a possibilidade de chuvas durante todo o ano. Nos dias mais quentes, a temperatura pode chegar até os 26ºc. No período mais frio, entre junho e julho, a temperatura chega a atingir –2ºc. A temperatura média anual é de 16ºc.
Mais dicas sobre Aguas Calientes e Peru em nosso Blog Viagens Machu Picchu onde também pode aproveitar nosso Tour gastronômico.

Veja nossa nosso Blog Viagens Machu Picchu para mais informações sobre os destinos do Peru.
viagens machu picchu operadora

O que fazer em Águas Calientes - Machu Picchu

Putucusi Montanha.

A montanha Putucusi é uma das trilhas favoritas dos aventureiros em Águas Calientes. É um caminho com uma inclinação bastante íngreme, incluindo escadas de madeiras e apoios em cordas e tudo isso para se ter uma visão rara e espetacular de Machu Picchu. Recomenda-se trazer água e estar fisicamente apto. É necessário pagar a entrada. 

Jardins de Mandor.

Jardins de Mandor é uma reserva ecológica particular a 4 km de Águas Calientes, com muitos jardins, uma grande variedade de flora, onde se aprende a contribuir para a conservação do ecossistemas. Para acessar o jardim é necessário caminhar pela linha férrea por meia hora, é um lugar ideal para os amantes da natureza que querem desfrutar de um lugar tranquilo e agradável. É necessário pagar a entrada.

Banhos termais de Aguas Calientes.

Uma opção oferecida em Águas Calientes é um mergulho nas suas piscinas de água quente. No entanto, é um lugar onde muitas pessoas se reúnem e há uma frequente queixa de que lá não é muito higiênico, pela grande quantidade de turistas e moradores locais. As piscinas de águas quente ficam dentro da cidade de Águas Calientes. É necessário pagar a entrada.

Mercado de Artesanato.

Próximo à estação de trem é o mercado de artesanato de Águas Calientes, com todos os tipos de arte típica de Cusco. No entanto é importante levar em consideração que aqui preços são mais elevados. Tente negociar para ganhar um desconto.

Museu Manuel Chavez Ballón.

O Museu Manuel Chavez Ballón conta a história de Machu Picchu e sua descoberta, também tem um interessante e pequeno jardim botânico. No museu estão objetos encontrados na cidade Inca bem como uma exposição de fotografias históricas. Para chegar lá é necessário caminhar cerca de 20 minutos.

Veja as 10 curiosidades para Machu Picchu antes de viajar ao Peru.

  • Catedral de Arequipa
  • Machu Picchu novo
  • Lago Titicaca
Machu Picchu com Lima + Lago Titicaca + Arequipa

Se você pensa que viajar para o Peru é conhecer apenas Cusco e

12 Dias / 11 Noites
A partir de: 
USD 1340,00
Saiba mais +