Você está aqui

Trilha Salkantay

Salkantay Trilha

Aos viajantes aventureiros que desejam ter uma experiência diferenciada para chegar a Machu Picchu, a Trilha Salkantay é uma opção que garante uma vivência incrível de imersão e contato com a natureza no Peru. Mais famosa, a Trilha Inca atrai mais turistas, mas a Salkantay é a escolha certa para aqueles que desejam passar por diferentes paisagens e conhecer outros aspectos, alinhados aos históricos, em seus passeios. Mas é preciso ter muito preparo e estar ciente sobre as exigências físicas necessárias para percorrer os 70km de trilha. Você está pronto para embarcar nesta aventura a 4.600 metros de altitude? Não só o destino, como o próprio caminho irão te recompensar!

Sobre a Trilha Salkantay

A Trilha Salkantay é a melhor alternativa para os viajantes com perfil aventureiro em busca de novas experiências, pois este trajeto leva os visitantes até a sagrada cidadela Inca de Machu Picchu, o ponto turístico mais conhecido do Peru. Tratá-la como “melhor alternativa” acontece, devido à existência de outras trilhas que levam a este local, a mais famosa é a Trilha Inca, por exemplo, porém, a Salkantay tem condições diferenciadas. 

Esta trilha funciona todos os meses do ano e recebe um número menor de turistas, mesmo não tendo limitações de público, ao contrário da Trilha Inca que fecha sempre em fevereiro e recebe somente 500 pessoas por dia. Assim, planejar sua viagem fica mais fácil sabendo destes detalhes!

A Trilha Salkantay brinda os seus visitantes aventureiros com paisagens naturais diversificadas, e permite uma verdadeira conexão com a natureza. Ela passa pela belíssima Laguna Humantay e por parte do Nevado Salkantay, montanha mais alta do Peru, que atinge mais de 6 mil metros de altitude.

Não à toa, esta montanha é considerada uma das mais importantes da Cordilheira, pois de acordo com povos andinos, ela seria uma divindade, chamada de Apu, que protegeria os povos da região.

Clima e Melhor época para fazer a Trilha Salkantay

A Trilha Salkantay passa por dois ecossistemas bastante diferentes, pois apesar de fazer parte da Cordilheira dos Andes, a trilha também passa em meio à floresta alta, sendo parte da floresta Amazônica. As características destes ambientes tornam o clima fortemente caracterizado por um verão chuvoso e um inverno seco.

A estação chuvosa ocorre entre os meses de dezembro e abril, quando a temperatura fica entre os 15ºC e os 5ºC de mínima. Entretanto, o fator mais presente neste período são as chuvas torrenciais que atingem a região, o que torna a Trilha Salkantay muito mais dificultosa de ser realizada, visto que é necessário dormir em acampamentos e o próprio trajeto fica mais perigoso. 

A estação seca, pelo contrário, como indica o próprio nome, não é marcada por chuvas. Apesar de ser inverno e as temperaturas poderem alcançar marcas abaixo de 0ºC durante à noite, como os dias são ensolarados e quase não há possibilidade de chuva, as temperaturas podem ficar mais elevadas que no verão, chegando a 18ºC quando em luz solar direta. 

Assim, a melhor época para realizar o trajeto da Trilha Salkantay é no período de seca, mesmo que estes sejam os meses com maior número de turistas, devido à alta temporada.

Onde fica a Trilha Salkantay

A base de partida para a Trilha Salkantay ocorre a partir do povoado de Mollepata, trajeto que leva cerca de 2h30 saindo de Cusco, cidade esta que é o ponto inicial da maior parte dos tours para esta trilha. É importante selecionar bem a agência que realizará o serviço do tour, pois toda a assistência ao longo do caminho é o que o torna mais leve para realizá-lo, já que o trajeto tem extensão de 70 km e leva até 5 dias, passando pelos seguintes trechos:

Dia 1 - Cusco x Soraypampa

Dia 2 - Soraypampa x Chaullay

Dia 3 - Chaullay x Santa Teresa

Dia 4 - Santa Teresa x Aguas Calientes

Dia 5 - Aguas Calientes x Machu Picchu

Como lidar com o mal de altitude

Sabemos que a Trilha Salkantay atinge uma elevação de até 4.600 metros acima do nível do mar, o que representa um obstáculo muito grande para os aventureiros que farão o trajeto. Por isso, trouxemos algumas recomendações de como prevenir e evitar os sintomas de “soroche”, ou mal de altitude:

Dicas e o que levar para Trilha Salkantay

A realização da Trilha Salkantay exige grande esforço físico, já que pode-se a atingir 5 dias de trilha até a chegada em Machu Picchu passando por locais remotos e grandes altitudes, então decidimos trazer algumas dicas para realização desta aventura com a melhor qualidade possível:

Venha viajar com a Viagens Machu Picchu e tenha uma experiência autêntica pelas terras peruanas. Conheça nossos pacotes e escolha a melhor opção para você realizar o seu sonho!

Principais atrativos da Trilha Salkantay

Laguna Humantay

A Laguna Humantay é uma das lagoas mais lindas da região dos Andes, assim como muitas outras, a Laguna Humantay possui águas de coloração azul-turquesa e está a uma grande elevação, aos 4.200 metros acima do nível do mar. 

O grande diferencial deste atrativo é que a Laguna Humantay está situada entre os montes Humantay e Salkantay, o que torna a paisagem ainda mais esplêndida e com características de conto-de-fadas.

Para os povos da região, a Laguna Humantay é considerada como um local sagrado, questão justificada pela proximidade com o Nevado Salkantay que, como já mencionado, é compreendido como um Apu, uma divindade protetora, dentro da visão andina. 

Esta é uma das atrações mais conhecidas e visitadas da região de Cusco e será um dos possíveis primeiros pontos de parada ao longo do trajeto para Machu Picchu pela Trilha Salkantay!

Nevado Salkantay

Como se sabe, o Nevado Salkantay é parte dos cenários desta trilha, já que a mesma passa por parte deste gigante pico nevado dos Andes peruanos. Esta é uma das montanhas mais altas do Peru, atingindo a altitude de 6.264 metros acima do nível do mar, o que a coloca entre os 10 picos mais altos do país. 

Para os povos Incas, esta gigante montanha nevada representava um protetor espiritual divino, cujo nome dado, de forma geral, é Apus. Este Apus protegia os povos da região do Nevado Salkantay e também a natureza. Esta compreensão sobre a montanha permaneceu, e ela segue sendo vista como uma importante entidade espiritual.

Fontes Termais de Cocalmayo

As Fontes Termais de Cocalmayo configuram uma ótima opção para os viajantes que desejam descansar ou se recuperar, ao menos um pouco, da energia e do desgaste físico ocorrido ao longo do trajeto até este atrativo. As águas termais, que alcançam temperaturas entre 30ºC e 44ºC, possuem propriedades que auxiliam no processo de cura de músculos doloridos e até mesmo de algumas doenças reumáticas, as quais ajudam a aliviar sintomas. 

Mantenha-se por dentro de tudo sobre a cultura, gastronomia, aventuras e muito mais no Peru por meio de nosso Blog Viagens Machu Picchu e não perca nenhuma novidade sobre nosso país!

No momento, não existe nenhum conteúdo classificado com este termo.