Você está aqui

Cusco

Qoricancha, berço da cultura Inca

Cusco era o centro do mundo para os Incas. Por isso, os espanhóis construíram outra cidade em cima da suntuosa capital. A origem de Cusco se confunde com as lendas do Império Inca. Onde a cidade se localiza, havia sido habitado por séculos antes da chegada deste povo, mas foi sob seu domínio que a região conheceu o apogeu. No início da ocupação, a cidade era divida em dois setores: Hanan (alto) e Hurin (baixo).O grande planificador de Cusco como sede do império foi o soberano Pachacutec. Para conseguir seu intento, Pachacutec ordenou a desocupação da velha Cusco, elaborou um novo traçado para a cidade e tratou de repartir suas casas e terrenos entre aqueles que julgavam que deviam viver ali. A reconstrução da cidade foi iniciada com a canalização de riachos, com isso, além de evitar enchentes e garantia o abastecimento de água para a cidade. O soberano convocava pessoas de vários impérios para a mão-de-obra.

História de Cusco

Cusco originário do idioma quéchua significa "Umbigo do Mundo", é a capital do antigo Império Inca e declarado pela Constituição Peruana como a capital histórica do país e possui uma altitude de 3.350 metros acima do nível do mar. Duas lendas incas atribui a sua fundação a seu primeiro chefe de Estado, um personagem lendário chamado Manco Cápac, com sua irmã e consorte Mama Ocllo. Em ambas as lendas afirma-se que o lugar foi revelado pelo Deus sol (Inti) aos fundadores depois de uma peregrinação ao sul do Vale Sagrado dos Incas.

Por dados arqueológicos e antropológicos tem sido estudado o verdadeiro processo de ocupação de Cusco. O consenso é que, por causa do colapso do reino de Tiahuanaco ocorreu a migração do seu povo. Este grupo de cerca de 500 homens teriam vindo a se estabelecer no vale do rio Huatanay, processo que iria culminar com a fundação de Cusco. A data aproximada é desconhecida, mas graças a vestígios lembrar que o local onde a cidade está localizada foi já habitada 3000 anos atrás. No entanto, considerando-se apenas a localização e capital do Império Inca (meados do século XIII) Cusco aparece como a cidade habitada mais antiga da América Latina

As crônicas mais antigas como a do cronista Pedro Sarmiento de Gamboa (1530-1592) afirmam a existência de grupos étnicos no vale de Cusco antes do surgimento do Império Inca. Cusco foi a capital e sede do governo do Reino dos Incas e manteve-se em o início da a era imperial, tornando-se a maior cidade do Andes e América do Sul. Isso deu origem centralismo e tornou-se o principal centro cultural e eixo do culto religioso.

A sua colonização se deu depois da captura do Inca Atahualpa, em Cajamarca, eles começaram sua marcha para Cusco. No caminho, eles fundaram algumas cidades como um elo entre a capital do Império e da cidade pioneira de San Miguel de Tangarará. Em 23 de março de 1534, Francisco Pizarro outorgou a Cusco a denominação "Cusco, Cidade Nobre e Grande", estabelecendo a Plaza de Armas local que ainda mantém a cidade moderna. Foi também a principal praça durante o império Inca e foi cercado pelos palácios daqueles que eram os governantes incas.

Em 1780 a cidade de Cusco foi convulsionada pelo movimento iniciado pelo cacique José Gabriel Condorcanqui (Tupac Amaru II) que se levantou contra o governo espanhol. Sua revolta foi reprimida após vários meses de luta em que ele colocou em xeque as autoridades vice-reais estacionadas em Cusco. Tupac Amaru foi derrotado, preso e executado junto com toda a sua família na Plaza de Armas de Cusco. Ainda assim, é ao lado da Igreja da Companhia de Jesus a capela que serviu como uma prisão. Este movimento se espalhou rapidamente por todos os Andes e marcou o início de o processo de emancipação sul-americana.

Em 1950 um terremoto abalou a cidade de Cusco, causando a destruição de mais de um terço dos seus edifícios. A cidade começou a se reconstruir como um importante centro de turismo e começou a receber um maior número de turistas. Desde os anos 1990, o turismo teve um papel fundamental na economia da cidade, com a consequente extensão das atividades de hotel e restaurantes. Hoje, Cusco é o um dos principais destinos turisticos do Peru. Por seu lado, a cidade mantém o seu crescimento urbano, uma vez que se estende hoje também para os distritos de San Sebastian e San Jeronimo.

 

Localização de Cusco.

A Cidade Cusco está a cerca de 850 km da capital Lima e está localizado em um vale fértil, banhada pelas águas do Huatanay (afluente do Vilcanota) e rios Tullumayo nos Andes do sudeste do Peru. O departamento de Cusco é dividido em 13 províncias: Acomayo, Anta, Calca, Canas, Canchis, Chumbivilcas, Cusco, Espinar, A Convenção, Paruro, Paucartambo, Quispicanchi, e Urubamba. Cusco está dividido em oito distritos: Ccorca, Cusco, Poroy, San Jeronimo, San Sebastian, Santiago, Saylla e Wanchaq.

As rotas das cidades próximas a Cusco são:

- Norte: Pela rota da cidade de Ucayali
- Sul: Pelas rotas das cidades de Arequipa e Puno
- Leste: Pelas rotas das cidades de Madre de Dios e Puno
- Oeste: Pelas rotas das cidades de Arequipa, Apurimac, Ayacucho e Junín

Via Terrestre

Rota Lima x Cusco x Arequipa, 1.650 km, cerca de 24 horas de carro.
Rota Lima x Nazca x Puquio x Abancay x Cusco, 1.136 KM, 26 horas, aproximadamente, de carro.

Você também pode fazer a rota de Lima para Ayacucho para a Rota da Libertadores e de lá para Cusco.
Puno - Cusco: 389 km (07 horas de carro).
Puerto Maldonado - Cusco: 532 km (10 horas aprox.).

Via Aérea

Há voos diários para Cusco de Lima e outras cidades. Aeroporto Velasco Astete fica a 3 km da cidade e tem serviços de táxis e ônibus. Em Lima os voos partem diariamente para a cidade de Cusco, a duração é de aproximadamente 1 hora.

Da mesma forma Puerto Maldonado conta com voos diários para a cidade de Cusco, a duração do voo é de 30 min. Aproximadamente.

As distâncias entre Cusco e alguns outros departamentos do nosso país:

- Cusco para Lima: 1.153 km
- Cusco para Ayacucho: 597 km
- Cusco para Abancay: 198 km
- Cusco para Arequipa: 623 km
- Cusco a Puno: 389 km
- Cusco a Puerto Maldonado: 532 km

Via Férrea

Existe um serviço diário de trem de Arequipa, através de Juliaca (Puno), com cerca de 20 horas de viagem. De Puno são 10 horas. O ponto mais alto deste percurso é La Raya em 4313 metros entre Cusco e Juliaca. Existe um serviço de trem que liga as cidades de Cusco, Puno e Arequipa. Rota é Arequipa x Juliaca x Puno x Cusco; Abrange 750 km e dura cerca de 17 horas.

 

Clima de Cusco.

Cusco se localiza no vale formado pelo rio Huatanay e as colinas que estão em sua volta. O seu clima é geralmente seco e suave, a cidade tem duas estações distintas, a seca temporada entre abril e outubro, com dias ensolarados, noites frias com gelo e temperatura média de 13°C, e uma estação chuvosa, de novembro a março a temperatura média de 12°C. Nos dias de sol a temperatura passa dos 20°C. Abaixo há os parâmetros climáticos mais prováveis durante o ano.

 

Gastronomia de Cusco.

A rica gastronomia peruana é o resultado de uma fusão entre a tradicional culinária do antigo Peru a culinária espanhola e alguns costumes culinários trazidos pelos escravos africanos. Com uma característica exclusiva da culinária do Peru, as artes culinárias estão em constante evolução e juntamente com a variedade de pratos tradicionais a torna única. O clima do Peru e também seus microclimas são propícios para um amplo cultivo de produtos agrícolas de diversas espécies.

Entre os pratos mais conhecidos temos:

- Ceviche de Pescado
- Chicharrón
- Lomo Saltado
- Tallarín Saltado
- Alpaca ao Molho Aguaymanto
- Cuy Colorado
- Pollo a La Brasa
- Sopas
- Ají de Gallina

Se você deseja enriquecer sua experiência com a gastronomia peruana, nossa agencia aconselha visitar os seguintes restaurantes:

- El Pachapapa
- El Map Café
- El Chicha
- La Cicciolina
- La Divina Comedia
- El Limo
- Le Solei
- Morena
- Limbus
- Green Point 
- La Bodega 138
- Inkazuela
- Numa Raymi
- El Meson de Don Tomas

A cidade de Cusco é a porta de entrada para a cidadela Inca de Machu Picchu, ou Matchu Pitchu, como dizem os brasileiros. Confira nossos pacotes promoção para Cusco 

Atrativos e Pontos Turísticos de Cusco

Catedral de Cusco.

Na cidade de Cusco, não perca um passeio à belíssima Catedral. Ela é composta pela igreja da Sagrada Família, a Catedral e a Igreja do Triunfo possuindo 12 capelas em seu interior. Apresenta muitas imagens, quadros, ouro e prata. Não se pode fotografar lá dentro para a preservação do patrimônio. Seu tamanho colossal e a riqueza de detalhes impressionam, garantindo o título de uma das maiores catedrais do mundo. Mesmo os mais céticos não podem deixar de conhecer o lugar e apreciar sua rica arquitetura. É necessário pagar a entrada.

 

Plaza de Armas.

A Plaza de Armas de Cusco é o ponto inicial para qualquer passeio pela cidade. Além de a praça ser uma graça, decorada e cheia de flores, ao seu redor ficam algumas das principais atrações da cidade, além de lojinhas de suvenires. Tanto durante o dia quanto à noite a praça é um local agradável para sentar-se e descansar.

 

Qoricancha.

O Qoricancha (Templo do Sol) servia como local para cerimônias e estudos de astronomia e matemática. É um passeio que abrange arquitetura, história e arte, você pode conhecer um pouco mais da cultura Inca. Esse templo tinha uma importância equivalente à que tem o Vaticano e, se hoje se diz que “todos os caminhos levam a Roma”, a frase dita antigamente seria “todos os caminhos conduzem ao Qoricancha”. É necessário pagar a entrada.

 

Moray.

Moray é um sítio arqueológico localizado no Vale Sagrado dos Incas que mostra todo o potencial inca para o plantio de alimentos. Nesse local os incas aproveitaram a depressão natural da montanha para construir platôs e fazer experimentos alimentícios, especialmente com batatas. Afirma-se que a temperatura era diferente em cada platô, permitindo reproduzir diversos climas num único lugar. Descer e subir os platôs é complicado, quem tem dificuldades de locomoção deve evitar fazer a descida. Tome cuidado e respeite o ritmo de sua respiração, que fica muito mais ofegante num lugar tão alto. É necessário pagar a entrada.

 

Centro Artesanal de Cusco.

O Centro Artesanal de Cusco é um local que reúne um pouco de tudo aquilo que os turistas procuram. Lá você encontrará tecidos, sapatos, bolsas, joias, pinturas e cerâmicas, entre outras coisas. É recomendável negociar o preço com os vendedores, pois muitos deles informam um primeiro valor alto ao observar que se trata de um turista.

 

Igreja de San Blas.

Datada de 1563, a Igreja de San Blas é uma das mais antigas de Cusco. É preciso ter um pouco de fôlego para chegar até ela, mas o interior barroco do lugar é capaz de recompensar os visitantes. O bairro onde está a igreja tem muitos artesãos, por isso é um bom lugar para quem gosta de obras de arte, sem contar que caminhar pelo bairro de San Blas é muito reconfortante com um charme da Cusco colonial. É necessário pagar a entrada.

 

Salinas de Maras.

As Salinas de Maras são compostas por mais de três mil salinas e têm mais de dois milênios de existência. Mesmo depois de tantos anos, o local continua sendo fonte de renda de muitas famílias que vivem na região e retiram o sal para venda, utilizando técnicas antigas algumas delas criadas pelos incas. É necessário pagar a entrada.

 

Saqsaywaman.

O Parque de Saqsaywaman é conhecido como fortaleza, apesar de não ter tido nenhuma função militar. O lugar é outro sítio arqueológico que funcionou como centro cerimonial, uma zona sagrada e de estudos. Ele fica a incríveis 3650 metros de altura em relação ao nível do mar e foi construído com pedras enormes. Não deixe de tirar muitas fotos em meio às pedras grandiosas do parque. É necessário pagar a entrada.

Entre em contato conosco, temos um pacote à medida para suas necessidades 

Confira nossos pacotes para Machu Picchu promoção

  • trilha inca
  • salkantay1
  • salkantay2
Trilha Salkantay

Essa trilha foi estruturada para as pessoas aventureiras, aquelas que desfrutam vi

10 Dias / 9 Noites
Saiba mais +

DirceturProm PeruPeruPeru - Ministerio de Cultura

Viagens Machu Picchu 2016 - 2020 (Desenhado por LLIKA)