Você está aqui

Festividades

As festividades do Peru são celebradas, talvez, como em nenhum outro lugar do mundo. Suas músicas, danças, comidas, bebidas e um colorido sem igual estão acompanhados de uma alegria sem fim. A devoção sem comparação dos homens, mulheres e crianças peruanas às suas crenças e origens, somadas a um sincretismo único, produto da fusão de diferentes culturas ancestrais e contemporâneas, transformam o Peru e um país absolutamente singular. Se somam às festividades do Peru a cordialidade de sua gente e a disposição de sempre receber bem os milhares de turistas de todas as partes do mundo que anualmente chegam aqui com o objetivo de conhecer melhor suas tradições e viver uma experiência única, algo para a vida toda.

Santuranticuy

Santuranticuy

O Santuranticuy é uma tradicional feira anual que acontece há séculos na Plaza de Armas de Cusco onde são oferecidos uma série de produtos típicos artesanais, de artistas de toda a região. Seu nome em quéchua significaria “venda de santos”. Em meio a uma infinidade de imagens religiosas, se encontra o Niño Manuelito (o Menino Jesus). É um costume nos Andes comprar roupas novas para a imagem nesta data. São oferecidos também muitos pratos típicos nos arredores da praça e este evento atrai milhares de pessoas, nacionais e estrangeiras.

Senhor dos Milagres

Senhor dos Milagres

A festa do Senhor dos Milagres ocorre para comemorar o dia em que um grande terremoto atingiu a cidade de Lima no ano de 1650 e no Santuário das Nazarenas em Pachacamilla todas as paredes vieram ao chão, menos uma que continha uma pintura de um Cristo de vestimentas roxas. Desde este episódio, dita representação de Cristo foi considerada milagrosa.

Feira Gastronômica Mistura

Feira Gastronômica Mistura

A feira gastronômica Mistura é um dos maiores eventos do gênero no continente. Reúne centenas de produtores e restaurantes especializados que por vários dias oferecem o melhor da gastronomia do Peru, com todos os seus famosos pratos típicos, como o Ceviche, o Lomo Saltado, o Ají de Gallina e a Pachamanca. Além de tudo isso o evento oferece ainda apresentações artísticas de música e dança, além de concursos que premiam os melhores chefs do país.

Festa de Yawar

Festa de Yawar

A Festa de Yawar consiste no enfrentamento da população com um touro. Este touro possui um condor, um dos maiores pássaros do mundo e típico da Cordilheira dos Andes, preso em suas costas. O pássaro é então embriagado com água ardente e enfeitado. O condor deve tentar escapar das costas do touro. Se nesta tentativa o pássaro se ferir ou morrer a população local tomará este fato como um mal presságio, que trará má sorte e dificuldades à comunidade no decorrer do ano.

Virgem de Carmem

Virgem de Carmem

A festa da Virgem de Carmem é uma das maiores celebrações do Sul do Peru e atrai milhares de visitantes todos os anos. Estas celebrações assumem características únicas e um tanto curiosas, devido à fusão das crenças essencialmente cristãs católicas e os costumes, lendas e práticas tipicamente andinas. A festa dura vários dias e acontece sem interrupções, de dia e de noite. De acordo à agenda da festa, em horários onde não há missas, procissões ou dramatizações, os fiéis não se retiram das ruas, dando continuidade ao evento com muita comida, bebida, músicas e danças. Também participam deste enredo uma série de personagens, fantasiados, além de grupos de dançarinos e músicos. A organização da festa, assim como a distribuição de comida e bebida é realizada e financiada de forma voluntária.

São João

São João

A festa de São João tem início na noite do dia 23 de junho, onde a tradição é tomar um banho de purificação em um rio. Apesar deste costume ser comum na maioria das localidades onde a data é comemorada, alguns locais assumem algumas características distintas. De uma forma geral, no dia 24, depois de uma missa acontecem uma série de apresentações de música e dança. O prato típico para esta data é o “Juane”, que consiste em arroz, ovos, azeitonas e galinha caipira. A iguaria é servida em um envoltório feito de folhas de bananeira de modo a representar a cabeça do santo. Lembrando que São João Batista foi decapitado e sua cabeça entregue em uma bandeja.

Inti Raymi - Festa do Sol

Inti Raymi - Festa do Sol

O Inti Raymi com certeza é a festa mais importante da cidade de Cusco. Também nesta data é comemorado o aniversário da cidade. A celebração é organizada desde o ano de 1944 pela prefeitura e se trata de uma releitura criada com propósitos turísticos. A celebração original Inca era diferente, inclusive tinha um nome diferente. Atualmente as festividades têm início no período da manhã no Coricancha (o templo do sol) e seguem para a Plaza de Armas. Durante a tarde continuam nas ruinas de Sacsayhuaman. Para poder assistir à cerimônia na parte da tarde você deverá fazer uma reserva com bastante antecedência, pois os lugares são limitados e estão sujeitos à disponibilidade. Entre em contato conosco para maiores informações.

DirceturProm PeruPeruPeru - Ministerio de Cultura

Viagens Machu Picchu 2016 - 2020 (Desenhado por LLIKA)