Você está aqui

6 Curiosidades Sobre o Oásis de Huacachina!

O Oásis de Huacachina é o principal ponto turístico da cidade de Ica, que está localizada a apenas 300 kms da cidade de Lima. Portanto, é um destino de fácil acesso, e simplesmente imperdível. A vila de Huacachina, apesar de pequena, impressiona pela paisagem completamente diferente de tudo que você já viu: uma imensidão de areia, com dunas a perder de vista e, no meio delas, um simpático e minúsculo vilarejo, com uma linda lagoa verde no meio. Sim, um oásis no meio do deserto, literalmente.

Pode não parecer, mas Huacachina tem uma excelente estrutura para turistas, com pousadas e hotéis, restaurantes e lojas e oferece atividades como passear de buggy pelas dunas ou testar o equilíbrio praticando sandboard. Se você quer saber mais sobre as atrações do lugar, já escrevemos sobre isso aqui no blog da Viagens Machu Picchu, e você pode acessar a matéria completa clicando aqui.

Mas, hoje viemos te apresentar algumas curiosidades sobre este lugar tão incrível no deserto peruano. Informações que vão deixar o seu passeio no Oásis de Huacachina ainda mais interessante. Olha só:

  1. Mulher que chora: Huacachina é uma palavra de origem do antigo dialeto quéchua e significa “mulher que chora”. Mas você deve estar se perguntando o porquê, e você logo entenderá, lendo a próxima curiosidade.
     
  2. Lendas do lugar: a história de como a pequena lagoa surgiu no meio do deserto diz respeito a uma princesa que perdeu seu marido na guerra, entrando em profunda tristeza, chorando até a morte. Suas lágrimas então, formaram a lagoa de cor esverdeada que virou atração. Quem visita Huacachina pode ver uma estátua da princesa na entrada do vilarejo, onde até hoje é possível ouvir seus prantos, segundo a lenda.
     
  3. 100 pessoas: esse é número aproximado de habitantes permanentes do oásis, embora o lugar hospede outras centenas de turistas em suas pousadas e hostels.
     
  4. Único oásis da América: além de lindo, com paisagem impressionante, o Oásis de Huacachina se torna ainda mais especial pelo fato de ser o único oásis das Américas.
     
  5. Preservação do local: no início alguns moradores instalaram poços que acabaram reduzindo o nível de água da lagoa, que foi formada naturalmente entre as dunas do deserto. Por isso, para manter a lagoa cheia, hoje em dia é necessário fazer um bombeamento, ou seja, a prefeitura de Ica faz uma espécie de injeção artificial de água no local.
     
  6. Imprópria para banho: temos certeza que quando chegar ao Oásis de Huacachina você vai olhar a paisagem e o clima e vai sentir vontade de tomar um banho nas águas da lagoa, mas atenção, isto é proibido, pois as águas são impróprias para banho. Mas, dá para curtir um passeio de pedalinho por ali ou então se refrescar em um hotel com piscina.

Deixamos aqui também uma dica especial: se puder, aprecie o pôr do sol das dunas que, sem dúvidas, será um dos mais lindos que você verá na sua vida. Além disso, a noite é outro espetáculo por aqui, com um céu estrelado de tirar o fôlego.

Que tal um pacote de viagem para o Peru incluindo o Oásis de Huacachina? A Viagens Machu Picchu preparou algumas opções para você e para conferir é só clicar aqui.